Subscribe
Add to Technorati Favourites
Add to del.icio.us

É nas palavras que Eu me encontro e me Liberto
É nas palavras que Eu transformo o trigo em restolho
E volto a dar de Mim
Todo o Grito libertador da minha essência.

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Ser um dia um sonho teu

Publicada por jmartins


Do teu cabelo
Ser as ondas do Mar
Onde sou caravela á deriva
Náufrago perdido.
Dos Teus olhos.
Ser o sal, o brilho das estrelas
Que tempera o meu desejo e me iluminam
Dos teus lábios…
Ser o fundo das palavras
O sabor de tudo
Segredos sensoriais, eternos.
Do Teu rosto…
O sorriso que me devora os sentidos
E me alenta nesta espera…
Do Teu regaço…
Ser o acordar e o adormecer
Em cada madrugada incerta
O sentir de um poema inacabado.
As Tuas mãos…
Serem o meu porto de abrigo
Guarida, aconchego, paz
De Ti…
Apenas ser um dia um Sonho Teu

1 comentários:

Paula disse...

Não sei porque é que ainda ninguém comentou este estado de espírito porque é mesmo muito lindo.Quem não sonhou já, ter alguém com este amor e esta dedicação que é transmitida neste poema.Tudo de bom para ti JMartins beijo

Enviar um comentário