Subscribe
Add to Technorati Favourites
Add to del.icio.us

É nas palavras que Eu me encontro e me Liberto
É nas palavras que Eu transformo o trigo em restolho
E volto a dar de Mim
Todo o Grito libertador da minha essência.

sábado, 14 de fevereiro de 2009

Mensagem de uma Lágrima

Publicada por Palavras e Estados de Espírito



Se uma lágrima caísse
Do alto do meu rosto
Cairia sem fim
Até te encontrar
Percorreria os caminhos
Que só poderia alcançar
Nos segredos contados
Por aqui, neste lugar
Onde só Tu me fazes sentir
E levar a sonhar
Que por Te querer
Mesmo sem Te ter
No rasto incandescente
Dos meus olhos
No desejo do teu calor
Vivo a força de um beijo
Que um amanhã trará
E então saberás que
Ninguém Te ama como eu

6 comentários:

Vieira Calado disse...

Como não sou propriamente um crítico literário,

só posso dizer-lhe que continue!

Cumprimentos meus.

Xana disse...

Que essas lágrimas percorram o teu rosto , mas como lágrimas de alegria e emoção :)
boa semana querida, beijocas para os filhotinhos

Paula disse...

Dos mais lindos poemas que já alguma vez li.Diz-me muito.Gostei bastante.Beijos e fica bem.

Anónimo disse...

Que blog mais maricas, deves ser rabo....

Anónimo disse...

axo que tinha lido estas palavras ... mas rele las encaixa algo ... adorei bjocas " Star"

Palavras e Estados de Espírito disse...

não é rabo. É mesmo paneleiro e tem o "12º anus"!...

Enviar um comentário